9 formas de obter renda de um jeito rápido

9 formas de obter renda de um jeito rápido

Se você foi demitido recentemente, há grandes chances de você já estar se sentindo pressionado a obter renda e lidar com as responsabilidades financeiras de manter sua casa ou sua família, certo?

Enquanto você busca novos caminhos profissionais (e para isso recomendamos a leitura do nosso e-book 10 caminhos para recomeçar sua vida profissional), talvez esteja pensando no que fazer para conseguir renda para pagar as contas do mês. Se este é o seu caso, listamos aqui algumas sugestões de trabalhos/tarefas/ações que você pode fazer para conseguir alguma renda quase que imediatamente.

Muitas dessas sugestões envolvem trabalhos que não necessariamente focam em suas principais habilidades, mas como dito aqui, o objetivo é gerar alguma renda por conta própria e de forma rápida, ok? E pense que trabalho é trabalho. Não entre nessa bobeira de trabalho menos ou mais nobre porque isso não enche barriga, não é? E trabalhar, no que quer que seja, pode ser sempre uma nova possibilidade para você. Pense nisso como um impulso à sua mentalidade empreendedora e arregace as mangas.

Vale apontar que muitas dessas dicas estão relacionadas à chamada economia colaborativa, em que você pode fazer renda por si só. Muitos negócios desta nova onda estão surgindo pelo mundo. Lá fora, a quantidade de sites que oferecem serviços é gigantesca, o que vem flexibilizando e agilizando o mercado de trabalho. Mas, para nossa sorte, algumas dessas iniciativas já desembarcaram no Brasil.

Na nossa lista de sugestões, buscamos destacar iniciativas que podem ser feitas de forma online ou presencial e recomendamos aqui alguns sites mais famosos e que já atuam especificamente no mercado brasileiro ou possuem interface em português. Mas listamos também outros somente em inglês, especialmente quando a atuação local não faz muita diferença, ok? Ah, e estes listados não são os únicos. Como nada na internet é exclusivo por muito tempo, com certeza há diversas outras opções. A nossa ideia foi somente dar algumas recomendações e não fazer um levantamento de cada mercado, fechado?

Então chega de blábláblá e vamos às sugestões  de atividades para obter renda porque é hora de trabalhar.

 

Alugue um cômodo da sua casa 

Com a chegada do Airbnb no Brasil e grandes eventos como Copa e Olimpíadas, muita gente entrou na onda de alugar seus apartamentos para visitantes/turistas. Mas o legal do site é que você não precisa alugar seu apartamento inteiro. Você pode alugar um cômodo só e ainda assim ganhar dinheiro. Muita gente ainda desconfia deste tipo de iniciativa e torce o nariz com a ideia de ter algum estranho dentro de casa. Mas o site permite uma avaliação do perfil da pessoa interessada no seu espaço (apartamento, casa ou cômodo) e ainda oferece um seguro caso algo saia dos conforme na estadia do visitante. Ah, e dá para ganhar um bom dinheiro e ainda conhecer gente nova, o que é sempre legal.

E se você não tem essa opção na sua casa, que tal falar para seus amigos do serviço e se oferecer para fazer o cadastro deles no site? Tem gente que não faz porque não conhece ou tem preguiça da burocracia. O site é fácil de usar, mas exige algum tempo de cadastro. Você pode negociar o serviço por um valor fixo ou um percentual do aluguel que seu amigo consiga.

Site(s) recomendado(s):  www.airbnb.com.br  em Português e com várias propriedades no Brasil.  www.flipkey.com ainda sem versão em português, mas já com muita oferta de espaços no Brasil.

Dirija seu carro 

 Outro serviço chegado há pouco no Brasil é o UBER, serviço de transporte em que você presta serviços para pessoas que precisam de um motorista com seu próprio carro. Como mostra o site da empresa “como motorista parceiro da Uber, você tem liberdade e flexibilidade para dirigir quando quiser”. Há restrições quanto aos carros que podem ser cadastrados na Uber, mas a flexibilidade está aumentando. Você ganha como autônomo e recebe em sua conta semanalmente.

Mas eu não tenho carro. Ainda assim posso dirigir pra Uber? Sim, pode, mas você tem que alugar por sua conta um carro nos padrões exigidos pela empresa.

O cadastro não é feito na hora porque existe uma validação dos seus documentos e documentos do carro, mas em pouco tempo, se tudo estiver certinho, dá para começar a dirigir.

Site(s) recomendado(s): www.uber.com

Seja um amigo 

Este título parece meio estranho, mas existem sites que alugam um amigo. Isso mesmo. Muita gente quando viaja prefere andar pela cidade com uma pessoa local ao invés de contar com um guia de turismo exclusivo. E isso abre oportunidades para quem fala outras línguas e se interessa em conhecer estrangeiros.

Um site famoso que intermedia estes serviços é o Rental Local Friend. Mas há um ponto negativo dessa opção, que é o fato de você ter que pagar um valor anual de US$ 100 para construir uma página exclusiva com seu perfil e sua ferramenta de auto divulgação.

Em todo caso, se você tem disponibilidade de horário, fala outras línguas e conhece bem sua cidade, você pode se destacar na multidão e despontar como um ótimo amigo de aluguel e obter uma boa renda.

Site(s) recomendado(s): www.rentalocalfriend.com

Desapegue

Essa opção nós acreditamos que traz muitos benefícios. E a sugestão aqui é desapegar. Vender coisas que você já não usa e que estão somente entulhando a sua casa. A maioria das pessoas tem roupas que não usa mais, equipamentos eletrônicos que estão de lado, ferramentas que foram usadas só uma vez, materiais de esportes que você não pratica mais. Faça uma boa arrumação na sua casa e você verá que sempre tem algo que você pode se desfazer sem sentir falta e ainda ganhar dinheiro. Além disso, coisa parada e sem uso estagnam a energia da sua casa e destralhar e desapegar abrem espaço para energia fluir na sua vida.

E aqui vale a dica extra da opção 1. Fale com seus amigos que você aderiu ao desapego e ofereça seus serviços para anunciar pertences que eles também não querem mais. O processo na maioria dos sites é simples, mas tem o trabalho de criar conta, tirar foto, descrever o produto e responder a comentários e perguntas de possíveis interessados.  E muita gente não se desfaz das coisas por preguiça.

Outra opção parecida é você organizar um bazar com coisas suas e de seus amigos.  Mas tem que divulgar bastante para garantir boas vendas.

Site(s) recomendado(s): www.mercadolivre.com.br  dá pra anunciar tudo e o site cobra um percentual da receita da venda; www.olx.com.br dá para anunciar tudo e o site não cobra percentual da receita da venda; www.bomnegocio.com dá para anunciar tudo e o site não cobra percentual da receita da venda;  www.enjoei.com.br mais focado em roupas e cobra um percentual da receita da venda; www.facebook.com há diversos grupos no facebook de pessoas vendendo e comprando coisas. Procure pelo site que você achará alguns deles.

 

 Ofereça uma mãozinha virtual

Se você sabe fazer algo, ainda que não seja especialista, dê uma olhada em sites de prestação de serviços de forma remota. Hoje em dia, há alguns em que é possível ofertar sua mão de obra para fazer as mais diversas coisas sem sair de casa. Em um site famoso deste tipo, há opções de diversos serviços. Algumas das categorias citadas são: Design Gráfico, Marketing Digital, Escrita e Tradução, Vídeo e Animação, Música e Áudio, Programação e Tecnologia, Publicidade, Negócios, Maquiagem, Moda, entre outros. Há desde coisas simples como criar uma apresentação em power point ou digitar textos, a coisas digamos, menos comuns, como gravar uma mensagem imitando a voz de alguém famoso.

 Site(s) recomendado(s): br.fiverr.com/ em português; www.upwork.com em inglês;  www.guru.com/d/jobs/ em inglês

 

Ofereça uma mãozinha presencial

Você já pensou em perguntar a seus amigos e conhecidos se eles precisam de uma mãozinha para algum serviço? Ou se poderiam indicar para alguém que precisa? Tem muita gente que precisa de consertos em casa e não sabe fazer, precisa sair, mas não tem com quem deixar as crianças, tem filhos que precisam de aula particular de uma matéria…enfim. Tem mil possibilidades. Só não tenha vergonha de perguntar e falar que você está prestando serviços, ou seja, precisa de pagamento.

Ah, os grandes sites de venda de coisas citados no item 4 tem vários anúncios de “mãozinhas” pagas para serviços de mudança, reforma, montagem, baby-sitter, limpeza, desenho, formatação ou digitação de documentos, aulas particulares. Dê uma olhada, crie um anúncio de destaque e espalhe a ideia.

 

Ensine o que você sabe

Assim como fazer algum serviço de forma remota está se tornando cada vez mais viável, ensinar de forma remota também. Se você é bom em uma determinada coisa, que tal dar aula sobre o que você sabe e ainda ganhar com isso? O Udemy é uma das plataformas mais famosas que permite que você crie seus próprios cursos. O site oferece dicas e treinamento básico e você pode ver bastante. Segundo o seite, o que você deve fazer primeiro é entender seus pontos fortes, pesquisar na plataforma por cursos da mesma área e fazer o possível para se diferenciar e se destacar!

Outra ideia similar é dar aulas de línguas. Há alguns sites em que você pode ofertar suas aulas, mesmo não sendo um professor profissional. No Italki, por exemplo, você pode se cadastrar como professor profissional ou como tutor. Você define o seu formato de aula e o preço da sua hora/aula.

Site(s) recomendado(s): teach.udemy.com/pt/course-creation/ link direto para a página que te ensina como começar; www.italki.com/home

 

 Mostre que você é prendado

Se você sabe cozinhar, fazer doces, artesanato, marcenaria, pintura, ou tem alguma outra habilidade, por que não fazer e vender?

Há sites especializados para venda online e você também pode fazer venda presencial. Para comida, estar no ponto certo ou se conectar com possíveis compradores é muito importante. Doces e guloseimas vendem bem perto de escolas. Comida é sempre bem-vinda em áreas com muitas empresas e poucos restaurantes em conta. Se você caminhar para um nicho, como comida light ou específica para alguns tipos de dieta (low carb ou high fat, por exemplo), pode se destacar.

Faça uso das redes sociais e apareça. Estimule seus clientes a dar feedback sobre o seu produto. Busque diferenciais.

Site(s) recomendado(s): www.elo7.com.br  para artesanato, www.mercadolivre.com.br para objetos em geral, www.facebook.com para anunciar na sua página, em grupos fechados ou criar uma página de seu negócio.

Fotografe

Se uma imagem vale mais do que mil palavras, uma foto pode render dinheiro também.  Está cada vez mais difundido o conceito de venda de fotos online, há sites e aplicativos de celular que permitem que você poste suas fotos e ganhe dinheiro cada vez que alguém se interessar em compra-las.

As fotos costumam ser compradas por empresas, especialistas de marketing, media, TI ou qualquer pessoa interessada no tema.

As políticas de cada site são ligeiramente diferentes. Alguns permitem que você coloque qualquer preço, outros tem um intervalo definido. Mas todos eles ficam com alguma porcentagem do valor pago pela foto. E muitos exigem exclusividade, ou seja, você não deve compartilhar a foto por aí.

Você pode fazer upload de diferentes tipos de foto ou montar seu portfólio focando em um determinado tema. Cada site categoriza à sua maneira.

E o mais legal, alguns deles realizam concursos com um determinado tema e a foto ganhadora ganha mais dinheiro. Todos funcionam em Apple e Android.

Site(s) e Aplicativo(s) recomendado(s):

www.dreamstime.com ; www.shutterstock.com ; www.snapcape.com/join-us;  clashot.com/; www.snapwi.re/photographer/intro ; community.foap.com/what-is-foap/ ; play.google.com/store/apps/details?id=com.foap.android&hl=en

Vamos à luta

Aqui novamente vale ressaltar que nem todos os tópicos servem para todo mundo. Mas reflita com calma e busque se ver em ao menos um deles. E vamos à luta.

Sua forma de obter renda

Se você já arregaçou as mangas e está ganhando dinheiro de um jeito diferente, conte a sua história pra gente pelo e-mail contato@fuidemitido.com.br

Gostou desse artigo? Então compartilhe nas redes sociais.

9 formas de obter renda de um jeito rápido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *